Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de crisbraga
 


Caminhante, são teus rastos 
o caminho, e nada mais; 
caminhante, não há caminho,
faz-se caminho ao andar.

Ao andar faz-se o caminho,
e ao olhar-se para trás
vê-se a senda que jamais
se há-de voltar a pisar.

Caminhante, não há caminho,
somente sulcos no mar.



Escrito por crisbraga às 20h02
[] [envie esta mensagem
] []





Eu sou o viajante do deserto que, no regresso, diz: viajei apenas para procurar as minhas próprias pegadas. Sim, sou aquele que viaja apenas para se cobrir de saudades. Eis o deserto, e nele me sonho; eis o oásis, e nele não sei viver.

_______Mia Couto



Escrito por crisbraga às 19h37
[] [envie esta mensagem
] []





Com efeito: quem ousará negar que o futuro ainda não existe? Contudo, a espera do futuro já está no espírito. E quem poderá contestar que o passado já não existe? Contudo, a lembrança do passado ainda está no espírito.

(Santo Agostinho, As confissões)



Escrito por crisbraga às 13h37
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por crisbraga às 13h36
[] [envie esta mensagem
] []





PABLO NERUDA

É Proibido

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.




Escrito por crisbraga às 19h51
[] [envie esta mensagem
] []






Bernardo Soares

"CARTA PARA NÃO MANDAR"

Dispenso-a de comparecer na minha idéia de si

A sua vida... // Isso não é o meu amor, é apenas a sua vida.

Amo-a como ao poente ou ao luar, com o desejo de que o momento fique, mas sem que seja meu nele mais que a sensação de tê-lo."




Escrito por crisbraga às 19h30
[] [envie esta mensagem
] []





C IDADE

 

 

"Nas vagas sombras de luz por findar antes que a tarde seja noite cedo, gosto de errar sem pensar entre o que a cidade se torna, e ando como se nada tivesse remédio.

Agrada-me, mais à imaginação que aos sentidos, a tristeza dispersa que está comigo. Vago, e folheio em mim, sem o ler, um livro de texto intersperso de imagens rápidas, de que vou formando indolentemente uma idéia que nunca se completa.

Há quem leia com a rapidez com que olha, e conclua sem ter visto tudo. Assim tiro do livro que se me folheia na alma uma história vaga por contar, memórias de um outro vagabundo, bocados de descrições de crepúsculos ou luares, com áleas de parques no meio, e figuras de seda várias, a passar, a passar." ("Livro do Desassossego")



Escrito por crisbraga às 17h35
[] [envie esta mensagem
] []





Quando a vida escolhe



O homem acredita numa grande ilusão: que a vida seja algo separado dele, mas a realidade mostra que cada um é a própria vida se tornando gente.

Portanto, quando voce escolhe, é a vida escolhendo em você.

A vida jamais erra. Seja qual for a decisão que você venha a tomar no fim perceberá que todos os caminhos estavam certos.



Escrito por crisbraga às 13h28
[] [envie esta mensagem
] []





HILDA HILST

 

 

 

Se todas as tuas noites fossem minhas
Eu te daria, Dionísio, a cada dia
Uma pequena caixa de palavras
Coisa que me foi dada, sigilosa

E com a dádiva nas mãos tu poderias
Compor incendiado a tua canção
E fazer de mim mesma, melodia.

("Ode Descontínua e Remota para Flauta e Oboé", trecho do canto X, extraído do livro "Júbilo, Memória e Noviciado da Paixão")



Escrito por crisbraga às 17h02
[] [envie esta mensagem
] []





NOTAS DO SUBSOLO

Porque nós todos nos desacostumamos da vida, uns mais, outros menos,
e nos desacostumamos ao ponto sentirmos às vezes uma certa repugnância pela
verdadeira "vida viva", e por isso não podemos suportar que nos façam lembrar dela.

Pois chegamos ao ponto de quase achar que a verdadeira "vida viva" é um trabalho,
quase um emprego, e todos nós no íntimo pensamos que nos livros é melhor.
E porque às vezes ficamos irrequietos, inventamos caprichos? E o que pedimos?
Nós mesmos não sabemos.
Nós nem sabemos onde vive essa coisa viva, o que ela é, como chamá-la!

Fiódor Dostoiévski, in "Notas do subsolo"


Escrito por crisbraga às 19h28
[] [envie esta mensagem
] []





Perdão

Diz a Oração católica que devemos perdoar a quem nos ofendeu (assim como esperamos o perdão divino às nossas ofensas, claro). De fato, a neurociência já sabe que perdoar tanto pontualmente como por hábito-favorece o bem-estar e a saúde cardiovascular. O perdão põe fim ao estresse causado pelo ódio crônico, que estimula a produção de hormônios de estresse, perturba o sono, aumenta o risco cardiovascular e de depressão e ansiedade. O que acontece no cérebro que perdoa?

Um estudo italiano recrutou voluntários para seguir um roteiro que os orientava a imaginar situações de ofensas pessoais, e em seguida os instruía a perdoar o inimigo imaginário ou, ao contrário, os incitava a planejar vingança. Tudo isso acontecia dentro de um aparelho de ressônancia magnética, que permitia à equipe acompanhar as mudanças de atividades no cérebro dos voluntários enquano eles perdoavam ou não. O estudo mostrou que tanto o perdão quanto a vingança envolvem a ativação nas mesmas estruturas-mas de maneiras diferentes. O perdão ocorre quanto a ativação do córtex pré-frontal dorsomedial, que regula nosso comportamento emocional, é comandada por duas estruturas que nos permitem adotar o ponto de vista do agressor e reavaliar o estado emocional deste: o precuneus e o lobo parietal inferior, respectivamente. Isso fomenta a empatia, que coíbe ímpetos  de retaliação via o córtex pré-frontal, e traz um estado emocional positivo: o alívio do  perdão concedido. Se não há perdão, o córtex pré-frontal dorsomedial também é ativado, mas sob o controle do giro temporal medial, e não do precuneus e do aprietal inferior ( que também estão ativos, mas ocupados em julgar o agressor um vilão).

O giro temporal medial representa a intenção alheia-nesse caso, de nos fazer mal. Como a agressão foi intencional e não temos empatia com o vilão, o cérebro faz o que é mais sensato: odeia ativamente quem o insultou, sem perdão. Perdoar, portanto, não depende dos fatos, e sim da nossa avaliação-consciente- da intenção e das emoções de quem nos ofendeu. Quer perdoar? Coloque-se no lugar do outro. Não quer perdoar? Recuse-se a ver o insulto pelos olhos do seu agressor- o que, francamente, em alguns casos é a coisa mais sensata a fazer.

O perdão católico universal não nos mantém a salvo de quem não presta. Ruminar o ódio faz mal, mas ainda há uma saída: banir o infrator da sua vida e mente. Quando não há perdão, a distância ajuda.

Suzana Herculano-Houzel, neurocientista. Folha de S.Paulo, 18/02/2014

 



Escrito por crisbraga às 11h24
[] [envie esta mensagem
] []





Nas águas de um rio caudaloso
Navegam
viajam
dois senhores: Caridade e Fé
que desaguam no Tempo de cada um
É ele- MEIO e não FIM da viagem.



Escrito por crisbraga às 18h14
[] [envie esta mensagem
] []





DISPOSIÇÃO

O desânimo não é uma premonição de que algo muito ruim vai acontecer, é o chamado cósmico para que desaceleres teu ímpeto produtivo e te dediques ao ócio sem pudor. O Universo pulsa tal qual pulsa também tua respiração, tudo acompanha ciclos de fluxo e refluxo, por que, então, Tu deverias acordar todos os dias com a mesma disposição e funcionar como uma máquina inerte?

Te acostuma a manter tua presença conectada a esses ciclos, isso vai te ajudar a preservar tua saúde e bem-estar, o que resultará em criar relacionamentos melhores com o mundo e com as pessoas.

Nunca te perguntaste por que nossa humanidade odeia segundas-feiras?

É uma resposta visceral, uma demonstração de desprezo por essa civilização que trata como engrenagem.



Escrito por crisbraga às 18h09
[] [envie esta mensagem
] []





OSCAR WILDE

 

Os que descobrem significados feios nas coisas maravilhosas são corruptos deselegantes. Isto é um erro.

Os que descobrem significados maravilhosos em coisas maravilhosas são os ilustrados.

 

Para estes, há esperança.                                                                                                                                             

São os eleitos, para quem as coisas maravilhosas significam apenas beleza.                              

Não existe isto de livros morais ou imorais. Livros são coisas bem escritas ou mal escritas. É só.''



Escrito por crisbraga às 13h59
[] [envie esta mensagem
] []





MARGEM DE MANOBRA

E voce ainda se pergunta se há destino ou se tudo é obra de livre-arbítrio? Ser humano que se preze não escolhe entre duas alternativas, leva as duas e sai vitorioso!

O livre-arbítrio não se discute, se a sua alma é atormentada por dúvidas é porque há uma margem de manobra que permite escolhas. Se há destino a despeito do livre arbítrio?

Sem dúvida, a prova é que tudo pode, a qualquer momento, ser diferente daquilo que voce tinha planejado mediante seu livre-arbítrio.

Essa é a certeza do destino, voce arquiteta seus planos, mas tem também outra  arquitetura insuperável que, em última instância e apesar dos seus gritos que reclamam liberdade total, determina que sua existência entre o céu e a terra seja temporária, só um momento.

Um momento livre e cheio de dilemas, porém, que um dia o misterioso destino extinguirá.  



Escrito por crisbraga às 11h50
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]